Entre versos e textos

Não irei mais lutar

outubro 16, 2020

 



Eu fechei os olhos, e pedi com todas as forças, para o universo realinhar as estrelas. Para que eu seguisse meu caminho. Pedi para Deus, se existe um Deus, tranquilizar meu coração, para me fazer esquecer. Que as profundezas do oceano provocasse uma tsunami e invadisse, levasse tudo embora, todas as memórias e lembranças, que fizesse doer menos, que fizesse suportável.


Eu estou rendida. Eu serei forte.

Arrombe meu coração. Eu não vou resistir, embora minhas pernas falhem.

Alguém tire esse vazio, de me fazer lembrar da pele dele na minha, do seu sorriso,

me faça esquecer de que com ele, eu entrava em combustão.


Talvez você também goste

0 comentários